quarta-feira, 23 de julho de 2008

Windows XP Fácil? Debian Estável (stable) Etch Difícil?

A muito tempo que não uso o Windows, o ultimo que usei foi o 95, depois disso usei o Linux e não voltei a usar mais, o Linux já tinha o que eu precisava na época, o básico.
Eu agora fiquei curioso com o Vista e também em poder comparar um com o outro, primeiro instalei o vista, dei uma olhada, e depois de um tempo peguei o XP Profissional SP3, nessa de instalar o XP e ver como é, ver programas etc, acabou por eu achar que seria legal dividir a minha experiência, opinião, e a minha comparação dele com o Debian Etch, o estável no momento.
Existem muitos mitos pelo que vejo, sobre o Debian estável (stable) para não dizer com o Debian em geral, achei que seria legal essa comparação onde acho que fica claro de onde aparece esses mitos, e principalmente esse mito que Debian é difícil ou para expert.
O Windows XP domina o mercado até hoje, sendo que o Vista tem 16% e o XP tem 71%, por isso também da comparação com o XP.

http://marketshare.hitslink.com/report.aspx?qprid=10


Instalação do XP.

O XP vem em um cd.

Uma coisa que achei interessante, é que o instalador do XP é em modo texto, ele faz a formatação e instalação em modo texto, ai que ele reinicializa e entra em modo gráfico, na hora que vi esse modo, achei que era texto também, pois a aparência é bem simples, na hora de configurar foi que tive certeza que era gráfico.

Após instalar, percebi que o som não tinha sido configurado e depois percebi que a placa de rede também não.

No caso da placa de rede, a coisa foi complicada, apesar de eu ter comprado uma placa em embalagem para venda ao consumidor, não era OEM (para fabricantes) ela não veio cd, pelo que lembre não veio não, veio apenas a placa e a embalagem com informações da placa, selo de autenticidade, mais nada.
Infelizmente o cd veio sim, o que aconteceu, é uma embalagem de plastico tipo rígido transparente, mas tinha um papel com a marca e informações, o cd esta no meio do papel, um dia tive a ideia de tirar o papel para ver se estava ali, e la estava ele, eu pensei que era tipo um papel duro cartolina, etc... ainda bem que não joguei fora a embalagem, se não nunca saberia disso :)
Mas que esta escondido esta (eu acho) :)

Conclusão, no XP não tinha drive para ela, testei da D-Link que tinha no XP, o 530, não funcionou, a minha é a DFE-520-TX, testei os que tinham da Via nada de funcionar.
Tive que entrar no Linux e procurar o drive nas paginas da D-Link, até encontrar, um drive de 15MB, nele vem parece para vários sistemas operacionais, e depois transferir do Linux para o XP.

O drive do som, tem 23MB, peguei do site da empresa.

Tive que colocar o monitor na freqüência certa, pois a tela ficava pequena, perto da freqüência certa.

http://pt.wikipedia.org/wiki/OEM


Atualização.

Após isso, fui atualizar o sistema, e ver como é.

Na atualização ele não tem um sistema eficiente de dependências e verificação de versão, pelo que vi.
Conclusão tive que fazer três vezes até ele pegar todas as atualizações que tinha fora que ele pegou as atualizações antigas que não precisava (pelo que entendi).
Ex. em vez dele atualizar o i. explorer, ele simplesmente pegou o i. explorer 7 e pegou a atualização do 6, também.


Programas Para o XP.

Realmente tem muitos programas para XP, mas as coisas não são tão simples assim.
Tem muitos programas free(de Graça), e de boa qualidade, mas, uma parte esta em inglês, como por exemplo Zone Alarmer, AVG, e imagino que muitos outros, também tem muitos em português.
Aqui não conta programas piratas, por um simples motivo, colocar programa pirata é o mesmo de clicar em qualquer coisa na net, ou instalar qualquer coisa da net, não se sabe o que tem num programa pirata, de virus a rootkit vai saber o que tem.
Uma coisa que achei interessante o plugin flash, tem mais ou menos o mesmo consumo de processador no xp e no debian, o flash ele consome bem o processador e a cada versão que é lançada ele reduz esse consumo, sendo que vejo que a adobe esta fazendo um bom trabalho nesse ponto, pois vejo que os sistemas estão bem iguais, usei o flash 9, no firefox, e usei o mesmo vídeo do youtube para comparar.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rootkit
http://en.wikipedia.org/wiki/Rootkit


Avaliação Geral.

O peso do sistema (configuração básica), é bem pequeno, apesar de comparado ao Debian Etch (com muitos programas), ele é um pouco mais pesado(usa mais) no acesso ao hd, e usa mais memória.
Configurei o sistema para usar apenas o básico de serviços, fiquei meio perdido depois de tanto tempo sem usar, mas foi :).
Ele tem um nível gráfico de aparência, bem simples.
Acredito, que o consumo de processador e memória com anti-vírus é sempre um problema, apesar de não se perceber.
Os anti-vírus modernos eles tem vários programas embutidos, é links, e-mail, sistema, mensager, etc...
Se percebe que se compromete uma parte do processador e memória.
Fora Firewall que estão entrando no mesmo modelo, de fazer varias coisas pelo que percebi, assim pedindo mais capacidade de memória e processador, e os anti-spywares e adwares estão na mesma, parece que já tem os que tem módulos que já fazem a busca como anti-virus constante, mas ainda para os pagos.
Uma coisa que achei estranho foi que ao instalar ele te da uma conta com poderes de administrador, isso pelo que vejo não é igual root no Linux não, pois ele não pode tirar certos arquivos, mas ele tem muito poder, pois ele faz a configuração do sistema e instala programas também.
Mas o que achei mais estranho foi que para eu instalar um programa ou qualquer configuração no sistema que precisa de nível administrador, eu tenho que mudar de login, tenho que sair de usuário e entrar como administrador isso em modo gráfico.
Eu nunca reiniciei tanto o meu micro, pois para atualizações do windows, se reinicia, para instalar anti-virus também, firewall também, nossa, parece pratica, qualquer problema reinicia.
Parece que essa pratica que já tinha no 95 no XP continua, de colocar programa na inicialização de modo a não permitir a retirada, ai somente no registro e retirando na mão mesmo.


Windows XP Fácil?

Pelo que vejo, fica fácil dizer que o XP não é tão fácil de instalar assim.
Vou um pouco mais longe, um iniciante não faria tal coisa. não é tão fácil instalar ele, e pior procurar drives que funcione caso tenha algum problema com os seus.
Usar ele então, precisa de três programas básicos, anti-virus, Firewall bom, anti-spywares e adwares, configurar o firewall já é uma coisa que não é para iniciante.


Debian Etch Difícil?

Dizer que Debian Etch é difícil, vejo que esta mais ou menos no mesmo nível do XP, se teria que ter cuidado com hardware compatível e se for o caso instalar o que ainda não se tem no kernel e saber como instalar, e aprender o básico do sistema GNU/Linux, permissão, programas, conhecer o sistema, etc.
Exemplo, o meu micro é todo reconhecido pelo Debian Etch, ele vai fazer 3 anos agora nesse ano.
Não se esquecendo que no começo ninguém sabe nada, eu quando comecei no windows 3.0, não sabia nada, ao aprender, formatei algumas vezes o micro por erros que eu fiz que eu não sabia depois arrumar.

O Debian Etch tem muitos programas, sem duvida que não tem tantos como o windows, o windows tem mais ou menos 18 anos de vida comercial com hoje 90% dos micros que usam a rede.
Eu uso muitos programas e instalo outros tantos, e esses estão que me lembre praticamente todos em português, não me lembro de nenhum em inglês no momento.

http://focalinux.cipsga.org.br/
http://marketshare.hitslink.com/report.aspx?qprid=8
http://pt.wikipedia.org/wiki/Windows_3.x#Windows_3.0
http://en.wikipedia.org/wiki/Windows_3.0


Mitos Sobre Debian (stable)

É difícil? Olha que já analisei isso muitas vezes, e nunca vi isso, nunca vi essa dificuldade.
Da instalação já falamos acima, a configuração do sistema, ou é em modo gráfico ou modo texto, ambos os sistemas são muitos bons no que fazem, e não é difícil.
E o ambiente gráfico os programas no nível gráfico, no mesmo nível do XP ou melhor.
É Velho (versão antigas de programas, isso depois de uns 9 meses depois do lançamento)? O XP tem nada menos do que 7 anos (praticamente) de vida, será que ele é novo? Ele com essa idade tem hoje 71% do uso na web!
É Tudo na Unha, uso a muito tempo, e não vejo esse tudo na mão não, como já dito tem ferramentas de configuração ou em modo texto ou em modo gráfico isso para o sistema.

http://www.microsoft.com/brasil/pr/2001/data_wxp.htm


De Onde Aparece Esses Mitos?

Difícil, parece ser por ter programas mais antigos do que as outras distribuições isso depois de uns 9 meses, assim preferem a praticidade do mais novo, o problema é que nisso se perde a estabilidade, é novo, mas pouco testado, assim um sistema mais instável.
É Velho, respondido a cima.
É Tudo na Unha, isso parece ser por não conhecer o sistema, e suas ferramentas de configuração, geralmente quando se esta com uma distribuição, e se muda, ai naturalmente não se sabe nem pacotes (uma boa parte) no caso dos rpm, já que são bem diferentes do deb, e as ferramentas de configuração, pois isso muda de distribuição para distribuição.
Um exemplo, eu a usar o XP, estava e estou em parte perdido, pois quero fazer varias configurações mas não sei como, por exemplo, eu quero certos programas mas não sei quais são (nome) e onde achar, procuro no google mas não acho nada do que quero.
Não sei quais programas são bons dos ruins, pois ai é um problema de segurança, de uso etc..., vai saber o que vai colocar no micro de vírus a spywares, adwares, keylogger, sei la o que mais, o anti-vírus apenas pega o que conhece.
Faz muito tempo que não uso, já não sei mais nada, então fica difícil usar, configurar, etc... isso não quer dizer que ele seja difícil, apenas que eu não sei mais.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Spyware
http://pt.wikipedia.org/wiki/Adware
http://pt.wikipedia.org/wiki/Keylogger


É Difícil Colocar Programas Novos no Debian Etch?

Não, muitos programas novos são compatíveis com Debian Etch, alguns que lembro, thunderbird, seamonkey, google earth, amsn, java, openoffice, adobe reader, opera, real player, pidgin (esse eu fiz um guia de como instalar o pacote oficial deles), etc...

Drives também, por exemplo o nvidia, entre outros.

Claro que tem os programas que não são suportados, por causa de dependências, veja o windows xp tem 7 anos (praticamente) e imagino que ninguém pensa em fazer programas para windows hoje não compatível com ele.

Pelo que vejo tem dois motivos para os programas não serem compatíveis, ou depende de versão mais nova para determinada função, ou são feitos sem esse cuidado.
Por exemplo o firefox é feito em uma versão do Red Hat, o firefox 2 era feito no
Red Hat 3, já o firefox 3 é feito no Red Hat 4 (parece ser) pensei que era no 5, já que o gtk no 4 é o 2.4 e no 5 o 2.10.
Mas no exemplo do firefox, se ve que eles mantêm a versão sendo compilada numa distro estável e não exigindo sobre dependência tipo pegando uma mais nova, já que ai os usuários que tem uma distro mais velha não poderiam usar, se pegar uma distro muito nova a maioria não usaria, por falta de dependências.
Uma outra coisa que já reparei com o tempo, isso principalmente em software livre, não é a mesma coisa de windows, na parte de lançamento, pois no windows ele desenvolvem e depois estabilizam, já nos softwares livre em uma parte grande se desenvolve estabiliza mas como se tem muitas distribuições é um pouco mais complicado estabilizar para tantas versões, ai a distribuição acaba entrando na parte de estabilizar também.
Quando se lança algum programa novo precisa se ver quais as alterações que foram feitas, tem muitas vezes que apenas são correções coisas que a distro faz apenas não muda a versão na distro, tem outras que são pequenas coisas, e tem vez que não, mas para isso se tem o backports, ou mesmo se pode instalar o pacote da pagina do programa.

http://www.forumdebian.com.br/topico-6648_Pidgin_2_4_1_pacote_oficial__Red_Hat_4__no_Debian_Etch_.html
http://www.backports.org
about:buildconfig


Distribuições Linux.

Cada distribuição Linux tem suas diferenças, sendo que os programas são basicamente os mesmos, pois todas que conheço usam software livre.

Por experiência própria percebi que as distribuições tem basicamente essas diferenças.

Estabilidade. (Nível).
Quantidade de Pacotes. (softwares)
Tempo de Lançamento de Nova Versão.
Ferramentas de Configuração e Configuração do Sistema.

Estabilidade cada distribuição tem um nível, tem de muita estabilidade a pouca.
Quantidade de Pacotes, cada uma tem uma quantidade, tem de muitos pacotes a tipo médio.
Tempo de Lançamento de Nova Versão, conheço de 2 anos, 18 meses, 12 a 10 meses, 6 meses, e as que não tem lançamento, vão sendo desenvolvidos programas ao lançar o programa é depois de um pequeno tempo colocado na distribuição.
Ferramentas de Configuração e Configuração do Sistema, basicamente, ai tem algumas ferramentas que são de cada distribuição e tem configuração no sistema que muda de lugar(endereço), nome de arquivo, programa para a função que pode variar.
Configuração do Sistema, ai também pode variar, ter conta root, senha na memória (tempo) ou não, e configuração default dos programas quando instalados, permissões, etc...

Independente de qual distribuição que goste, o importante é que você goste dela, que ela seja a melhor escolha na sua opinião, não importando qual seja.

Eu sempre acho legal, se ter pelo menos duas partições no disco, uma grande para a distribuição que usa no dia a dia, e outra menor para se quiser testar e ver como é alguma que você venha a gostar ou tenha curiosidade.
Eu mesmo tenho meu hd bem repartido, uso Debian Etch, mas tenho aqui Opensuse 11 (queria ver como estava e como estava o Kde 4 nele), Kubuntu 8.04 (ver como estava também), Windows XP Profissional SP3 (ver como é e comparar)
Se têm alguma que goste ou tenho curiosidade eu instalo e vejo, isso é bom para se comparar as distribuições e assim com o tempo ver a melhor para o uso que cada um faz, assim escolhendo a melhor para cada uso ou opinião.


O Debian estável hoje é a versão Etch 4.0, nessa organização que eu usei ele ficaria assim.

Estabilidade, de boa a muita.
Quantidade de Pacotes, muitos pacotes.
Tempo de Lançamento de nova Versão, 18 meses.


O próximo Debian estável (stable) será o Lenny, ele esta planejado para ser lançado em Setembro de 2008.



Atualizado em 22/10/2009

Adic. cd da placa de rede veio sim, apenas escondido.

2 comentários:

yportimd disse...

Gostei do artigo, principalmente no que tange à facilidade de instalação e sobre a idade de pacotes no Debian Stable.

Até.

Flávio disse...

Obrigado yportimd.

Até.